Leia aqui um bate papo com a catarinense Sabrina Schultz, designer de produtos, ex-modelo, surfista e moradora de Florianópolis. Ela faz parte de um grupo de empreendedores no mercado da moda, que mescla estilo e tendência com matéria prima sustentável.

Moda é pauta que sempre inova a cada estação. No último verão não foi diferente, quando conhecemos o trabalho da Salty, marca de acessórios da designer. Estilo boho com peças exclusivas e totalmente hand made que deixam as mulheres mais lindas em qualquer ocasião.

"O que nos inspira é evidenciar a beleza da mulher que pelo preza estilo e autenticidade, sem abrir mão do conforto", disse Sabrina. “Por isso, usamos elementos da natureza nas nossas criações como conchas do mar, búzios, madeira, pérolas cultivadas em água doce, metais, pedras e couro ecológico. A ideia é deixar a mulher pronta para qualquer ocasião, na praia ou no seu habitat urbano, com acessórios bonitos e de qualidade”.

A empreendedora já desenvolve esse trabalho há 23 anos, começou com apenas oito anos. Como já desfilou por muitas passarelas no começo dos anos 2000, a ex- modelo sempre esteve ligada nas tendências nacionais e internacionais. Em 2015, cursou Ourivesaria em Florianópolis e começou a produzir acessórios de prata, logo após nasceu a Salty, com uma proposta de empreendimento sustentável.

Além das peças utilizadas que compõem a geografia ilhoa, a designer produz bolsas para guardar os acessórios com restos de lycra da estilista Paulina Sabioncello, que produz roupas de surfe feminino. As duas amigas tiveram a ideia de reutilizar as lycras de uma forma inteligente. As bolsas completam o charme da Salty e são úteis para guardar acessórios, porta moedas entre outras coisas. "Salty Simple but stylish. Simples, mas estilosa", revelou Sabrina.

Quando perguntamos sobre o retorno da marca, Sabrina afirma. "A marca é nova, começou em outubro de 2016, apesar de estar envolvida com acessórios há bem mais tempo", explicou ela. “O retorno é maravilhoso. É o que eu sempre digo: quando se faz com amor, o retorno vem”.

“Acredito que existe mercado para produtos bem feitos, com preço justo e serviço de qualidade. Tentamos manter este padrão. Evoluir sempre. Estamos aqui para aprender, devolver com amor e dar o nosso melhor,” explicou.

As vendas acontecem nas praias da capital catarinense na sua maioria, ou através das redes sociais para todo Brasil. Uma forma de valorizar a arte e o consumo local por meio de práticas sustentáveis.

TEXTO Letícia Pedroso
FOTOS James Thisted

 

 

 

Reartezar é um veículo de comunicação que contribui na educação sócio-ambiental, destacando diversas maneiras de reciclar materiais e reutilizar objetos.

Fale conosco

Reartezar

48 991-529-466
48 998-164-538